Posts Recentes

Destralha! Limpeza de Primavera - Dica#03 O que é tralha para uns, pode não ser para outros


Você já pensou nisto? Pois é, o que é tralha pra você pode não ser pra mim. Tralha, segundo o dicionário, é algo que não serve pra nada e atrapalha. Mas vou te falar uma coisa...pra mim, é algo que não me serve pra nada e me atrapalha. Diferente, né? Muitas das coisas que separamos pra doar, vender ou reciclar não nos servem mais, são dignas de destralhe, mas isso não significa que não vão servir alguém. Às vezes cruzam o nosso caminho, durante a “limpeza”, alguns “seres coisas” que pedem mais atenção. Vamos lá! Fecha os olhos e se imagina entrando no teu quarto e dando uma boa olhada de reconhecimento. O que te chamou a atenção, te causou desagrado? Um objeto...roupa, quadro, enfeite, móvel? O primeiro de todos. Tá na dúvida? Tá bom, se imagina pegando este objeto e troca uma ideia com ele. O que ele representa pra você? Alguma lembrança, sensação? De onde ele veio? Pergunta se ele se sente confortável ali. E você, quer falar algo pra ele? Parece doideira, certo? Mas te garanto que não é! Tudo nos lembra algo ou alguém na vida. E quando destralhamos nosso espaço e vida com propósito, vamos fazer escolhas que nos levem em direção à vida que desejamos pra nós. Se este objeto, por exemplo, foi dado por uma amiga que mais tarde se mostrou uma pessoa maligna...conversa (com o objeto!!!!), agradece pelos momentos juntos e conta que você vai dar ele para alguém que faça bom uso e ame. Porque, com certeza, se te incomodou e tem uma história não muito bacana por trás, está na hora de desapegar! Destralha, já! (Depois que abrir os olhos! Sim, você está numa meditação guiada, lembra?). Agora pode voltar pro aqui e agora!

Neste momento, já começamos a entender a diferença entre o significado do dicionário e do nosso. Sim, nós destralhadores. Aquele objeto/tralha que fazia parte da tua vida, do teu dia a dia e que te desagradava, mesmo sem você ter consciência, passou para as mãos de alguém que se apaixonou por ele. Olha que beleza! Saiu da categoria “tralha” e passou para a lista dos queridos. Conclusão: você se livrou da tralha, a outra pessoa recebeu algo super útil (pra ela) e o objeto está se sentindo lindo, útil e cuidado. A energia flui!!!! É assim que funciona. Que maravilha! Mas às vezes não é fácil desapegar, por isso o propósito é tão importante. Defina teu propósito e agarra nele que a viagem fica uma delícia! Aproveita esta prática com a agenda estressante, pessoas, objetos, hábitos não muito bons...faz as tuas escolhas com calma e se precisar mudar a rota no meio do caminho, tudo bem!

Agora vem a Dica#3! Quando destralhamos um guarda roupa, uma gaveta, a garagem ou a casa inteira, o ritmo pode ser rápido...mas sempre aparece uma coisinha ou outra que nos deixa na dúvida e nos balança. Aí você pega a coisinha e troca uma ideia.

Para facilitar faz assim: separa 4 caixas + 1 (para as coisas que você trocou uma ideia mas não tem certeza) 1 – Doar (doar é tudo de bom! Faz bem pra quem recebe e mais ainda pra quem dá! A prática da generosidade alimenta a alma e nos transforma) * 2 – Vender * 3 – Reciclar (lembra: Gaia agradece!) * 4 – Jogar no lixo * 5 – Olhar daqui a um ano (caixa lacrada e com data para abrir, que guarda aqueles objetos que você tem dúvida se desapega ou não. Aqui você se dá um tempo. Caso não sinta falta de nada que está na caixa durante o ano todo, DESAPEGA!

E assim vamos fazendo escolhas e clareando o nosso propósito. Fico por aqui e te pergunto: Que (tipo de) vida você quer viver?

Tomara que você goste e aproveite de alguma forma! Cecilia Panipucci.

Primavera de 2018

#Destralha #energia

Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga!