Posts Recentes

Sobre recolher-se


Há um poder imenso em reservar um tempo de silêncio em nossas vidas. Seja um retiro na natureza, uma peregrinação ou até mesmo um longo período de silêncio.

A minha cabeça, meu mental, na maioria dos dias é muito transitado. Sim, trânsito intenso! Então, às vezes não sei se as informações são pensamentos ou inspirações. Silenciar, para mim, é tão necessário quanto beber água. Mata a minha sede e me ajuda deixar ir o que não me serve mais!

O recolhimento é uma forma de renovar e restaurar o corpo e a mente. É no momento de silêncio, na nossa jornada interior, que podemos ter insights pessoais, receber respostas para alguma questão e desvendar o propósito da nossa vida. É um tempo que propicia a conexão com a nossa alma...sem tantas interferências.

Neste final de ano, senti que precisava silenciar. Senti que dez dias de recolhimento parcial me trariam algumas respostas e restauro da correria de final de ano. Sim, parcial. Foi aqui em casa, onde também é o ateliê e compartilho o espaço com minhas 3 companheiras caninas, Chica, Madá e Frida, que contam comigo todos os dias. Não tinha me organizado para viajar, então foi aqui mesmo. Sabia que precisava melhorar a alimentação, não comer doces (ou o mínimo possível), não beber, não me envolver em questões externas de trabalho, não receber visitas, nada de problemas, exceto emergências. Realizar práticas mais saudáveis, um detox físico e energético, me ajudariam a limpar o canal de conexão. Sintonizar o canal sem ruídos. Também queria fazer uns estudos e práticas xamânicas da Sandra Ingerman. Parte do detox seriam os banhos de ervas durante 7 dias seguidos. E assim foi!

Não é fácil ter essa disciplina em casa. A gente quer fazer tudo o que não se propôs. Inclusive trabalhar. Sim! Quebrei alguns combinados. Entrei no Instagram para alterar o perfil. No meu site mudei algumas coisas, acrescentei uma página sobre os banhos. Mas foi necessário! Siiiim! (desculpa esfarrapada!). Poderia ter anotado os insights, as respostas para as minhas questões, e concretizado depois do dia 10 de janeiro. Não consegui, e respeitei. Porque entre a as coisas que preciso mudar está o não me cobrar tanto, parar de me culpar se fiz assim ou assado. A vida é! Então escolhi fazer e ser! Me alimentei bem, muitas verduras, frutas, nozes, nada de bebidas alcoólicas, comi 2 chocolates, tomei meus sete banhos de ervas em dias seguidos e fiz algumas das práticas da Sandra Ingerman. Foi intenso. Não foi super gostoso. Mas amei! Tive respostas, alguns insights e aquietei os pensamentos.

Caso um dia você sinta este chamado para silenciar, por uma busca por respostas, alguns passos podem te ajudar. Vou sugerir alguns. Vamos lá!

Passo 1 – Propósito

- O que te leva a querer se recolher?

- O que você está procurando aprender sobre você ou sobre a tua vida?

- Tem alguma área da tua vida que precisa de cura (mudanças, transformações)?

Quando você define o propósito da tua busca, o Universo vai te impulsionar na direção da tua intenção. Sugiro que você escreva teu propósito e a tua intenção.

Passo 2 – Preparo

- Que tipo de busca você vai fazer? Por exemplo, passar um tempo sozinha na natureza é uma maneira incrível de se conectar com você mesma e o teu pode superior. E em alguns casos, um retiro de um dia, em casa, pode ser transformador. Deixa teu coração falar na hora de escolher. Quando o chamado chega, nem sempre podemos nos afastar e ir para as montanhas.

- De quanto tempo vai ser teu retiro?

- Qual é teu lugar escolhido?

- Você gerenciou todos os compromissos e escolheu um tempo na tua agenda para o teu recolhimento?

Tudo isto deveria ser considerado antes de começar o retiro para ter certeza que você pode se desconectar da tua rotina diária e das obrigações.

Passo 3 – Deixando o mundo para trás

Em retiros onde deixamos o conforto, nosso ambiente, tudo o que é seguro e conhecido, podemos nos enxergar e enxergar o mundo de uma nova maneira. Sem ser de forma automática e repetitiva. Mesmo quando nos recolhemos por algumas horas, na nossa casa, devemos propiciar para que isto aconteça.

Portanto, é importante excluir do nosso alcance tudo que possa nos distrair e deixar perto o que é absolutamente necessário. Quando deixamos para trás celulares, tablets, laptops, descobrimos que podemos ouvir aquela voz tranquila, baixa e serena da nossa alma.

Se assegure de deixar tudo organizado antes de se recolher para que a tua energia possa se focar na tua busca e na parte mais profunda da tua alma.

Parte 4 – Avaliação

Para você se preparar para o teu retiro, é bom avaliar onde você se encontra hoje. Você pode observar padrões negativos que se repetem na tua vida para que você possa ultrapassar tuas próprias limitações. Você pode definir quais mudanças vai precisar fazer para sentir mais paz e alegria na tua vida.

- Você se aceita?

- O que realmente dá sentido à tua vida?

- Quais são as tuas prioridades ou valores na tua vida?

- Você está feliz com a maneira como anda a tua vida?

- Tem muitos comportamentos ou padrões que você gostaria de mudar?

- Há algo ou algum relacionamento que você realmente gostaria de mudar ou deixar ir?

Tirar um tempo para examinar nossas vidas, hoje, pode nos preparar para um futuro mais rico e gratificante.

Passo 5 – Estar aberta para uma resposta

O próximo passo é apropriar-se da sua busca.

- Assim que você começar está jornada, permita-se estar totalmente aberta para as mensagens que você recebe.

- Esteja presente e observe os sinais ao teu redor, e escute os sussurros do Universo, da tua alma e dos teus guias espirituais.

Pode ser que você ouça mensagens em palavras, tenha um insight ou pode ser que veja uma imagem na tua mente. Simplesmente esteja presente e confie que você será guiada até a resposta que você procura.

Passo 6 – Voltando para casa

Finais são tão importantes quanto começos. Você faz a sua jornada interior; você deve retornar para casa.

Ao final da tua busca/retiro, se de um tempo para voltar à sua rotina diária e integre suas novas descobertas e insights à tua vida. Talvez você deseje compartilhar o que você viveu com pessoas queridas. O poder desta busca está em pegar as mensagens e a sabedoria que você adquiriu e aplicá-las na tua vida diária.

Há uma cura extraordinária em tirar um tempo para apenas ser, quer você escolha uma jornada interior na tua imaginação, ou uma busca na natureza ou um retiro de silêncio.

A quietude e ficar longe das muitas distrações da vida diária pode nos apontar direções novas e emocionantes e nos proporcionar um sentido mais profundo de propósito e clareza.

(Estes passos fazem parte de um trabalho da Denise Linn)

Imagem: @cabarboza

Arquivo